Essa é a história do meu milagre chamado RAFAEL.

Uma gravidez desejada, cheia de riscos, mais cheia de amor.

Tenho Incompetência Istmo Cervical com histórico de duas perdas: Carlos Daniel, 18 semanas, 2007 e Marcos Vinicius, 20 semanas, 2009.

Após 225 dias de repouso, descolamentos de placenta, duas cerclagens e diversas infecções, venci a IIC e recebi meu milagre na noite de Natal.

Hoje sou mãe!!!




E-familynet.com Ticker


quarta-feira, 26 de setembro de 2012

DESENVOLVIMENTO 9 MESES


O desenvolvimento do bebê com 9 meses de vida.

Está quase pronto para andar e ter novas experiências a cada dia.
Seu bebê, se já não estiver engatinhando, demonstra que está quase pronto para isso. Já senta sem apoio nenhum e com muito equilíbrio, e sua concentração está apta a conhecer mais sobre seu corpo e o meio a seu redor. Faz movimentos coordenados preparando-se para andar em breve, além de já estar adquirindo noções espaciais mais precisas, como saber a distância em que se encontra o brinquedo que quer, se basta esticar um braço para pegá-lo ou se será preciso locomover-se para alcançá-lo. Começa a aprender a observar profundidades, soltando um objeto e acompanhando sua trajetória até o chão. Por isso é que jogam tudo o que têm em mãos; não se trata, portanto, de rebeldia mas de novas experiências.

O bebê e a sujeira na hora da comida.

Nessa fase, ele passa a ter noção dos alimentos que estão em seu pratinho. Também já associa a colher ao ato de se alimentar. Vai querer usá-la, batendo e cavocando a comida, e fazer muita sujeira. Deixe-o ir experimentando sua nova descoberta. Mesmo que não acerte, ele desenvolve sua capacidade motora, além de se familiarizar com a própria capacidade de fazer um dia o que até então dependia de sua mãe. Mas é só depois, por volta dos 12 meses, que o bebê vai tentar manejá-la para se alimentar.
Por enquanto:
- Deixe sempre a colher ao alcance da mãozinha dele.
- Compre uma colher especial, cujos cabos trazem figurinhas estampadas para atraí-lo
- Se preferir, há colheres tortas para facilitar o trajeto até a boca.
- Prefira materiais menos duros, como o plástico menos rijo, que não machuca em casos de tentativas mal sucedidas.

A dentição do bebê com nove meses de idade:

É por volta dos 9 meses, quando ele já está fazendo mil e uma gracinhas, é que surgem os dois incisivos centrais superiores e os dois incisivos laterais, superiores e inferiores. São oito dentes na boca do bebê. Em geral, as crianças já têm condições de cortar pequenos pedaços de frutas que lhe oferecem. Habitue-se, portanto, a substituir as maçãs raspadinhas por pedacinhos consistentes. Isso vai estimular bastante a mastigação. Embora não tenha todos os dentes, as gengivas mais fortes contribuem para a trituração de sólidos.
Alimentação inadequada!
Não é raro a mãe achar que a criança se alimentou mal e complementar a refeição com leite achocolatado. Além de agradável ao paladar, o alimento provoca sensação de saciedade. Na próxima refeição, dificilmente ele estará com fome e novamente vai comer pouco. A mãe, preocupada, volta a lhe oferecer leite. Está estabelecido o círculo vicioso. Além de errado, pode desenvolver carências futuras, como a falta de ferro, que no leite é encontrado em quantidades insuficientes. Resultado: a criança torna-se séria candidata à anemia.
O prato predileto do bebê.
Não existe criança que não goste de batatas fritas. Quando pequenas elas se deliciam, segurando-as na mão e mordiscando pedacinhos. Mas não deixe seu bebê provar das fritas industrializadas. Só aquelas feitas em casa. Tente também deixar as batatas menos engorduradas. Há uma receitinha para isso: ponha maisena no óleo quente na hora de fritar. Lembre-se também de que se trata apenas de um “prazer eventual” e não substitui refeições. Comida é comida. Quer dizer: carne, grãos, legumes e verduras. Batata também, mas cozida.
Dedos em pinça
O bebê já pega com as pontas do dedo em pinça. Aproveite. Deixe-o pegar a comida. Vai ajudá-lo a se familiarizar com itens que estão em seu prato. Ele vai sentir a textura e em seguida o sabor. Vai aprender a distinguir doces de salgados, o sabor mais azedinho, o alimento mais crocante. Terá mais prazer em comer. Veja como facilitar a nova tarefa dele.
- Use pratos de plástico, se preferir com ventosas que fixam o utensílio na mesa o no cadeirão.
- Dê a refeição dele num local apropriado, de limpeza fácil.
- Não o repreenda se ele espremer o alimento. É parte muito importante das descobertas.
- Coloque pedacinhos pequenos, seja de batata, de legumes, de carne que vão se desmanchar na boca, evitando que ele engasgue.

bebe 9 meses 300x199 9 meses. Confira o desenvolvimento do bebê mês a mês.
Bebê - 9 meses
O que fazer para não atrapalhar o desenvolvimento da linguagem:
- Não reprima a expressão natural. Não precisa ficar repetindo, “não é áua, é água”, por exemplo. É que ele ainda não consegue reproduzir alguns sons.
- Não queira fazer o papel de uma professora de oratória, exigindo mais a cada progresso e tentando fazer com que ele repita corretamente palavras que nem fazem ainda parte de suas necessidades diárias de comunicação.
- Não compare seu filho com outras crianças da mesma faixa etária. Ele é único e por isso tem suas próprias aptidões e dificuldades.
Bebê com tendência à diarréia?
É uma receitinha caseira mas, dizem, bastante eficaz. Coloque num litro de água fervente dez folhas de goiabeira previamente muito bem lavadas. Deixe descansar por dez minutos, espere esfriar e ofereça a bebida em pequenas doses ao seu filho. Mas lembre-se: esse chá só deve ser administrado em casos de diarréia muito leve, provocada por excesso de algum alimento naturalmente laxante. De todo modo, não deixe de comunicar ao pediatra tanto a diarréia quanto a ingestão do chá terapêutico. Todos os médicos conhecem bem esses tratamentos caseiros.
Higiene do bebê
Higiêne é saude!!! Verdade? Mas até certo ponto.
- Agora que ele vive pelo chão, você está sem saber como proceder com a lavagem das roupas dele. Fica pensando em desinfetar tudo. Bobagem. Lave normalmente, como fez até hoje.
- Lave as mãozinhas dele antes das refeições. Principalmente agora, que manipula o alimento, evita contaminações. Água e sabão bastam.
- Escove os dentes dele depois de cada refeição, para evitar a placa bacteriana e a cárie. Até mesmo depois do leite noturno, pois a quantidade de saliva, um desinfetante natural da boca, diminui enquanto dormimos. Mesmo que não se adicione açúcar, o leite contém lactose, que fermenta e favorece a formação de cáries.
Se ele se machucar…
O bebê está cada vez mais ativo. Locomove-se para todo o lado, mas ainda não tem capacidade de dimensionar distâncias nem de memorizar tudo. Rodeia a mesa, enfia a cabeça em baixo para experimentar e se levanta. Resultado: dá com ela no tampo. Assusta-se, chora muito e até se machuca um pouco. Fique calma. Acidentes como esse só começaram. Você ainda terá muitos pela frente. O remédio é acalmar a criança, conversar em tons suaves, transmitir-lhe segurança e tomar algumas precauções:
- Dê preferência aos móveis com as quinas redondas.
- Evite mesinhas com tampos de vidro, sobretudo aqueles sem fixação e com menos de 12 milímetros de espessura. Lembre-se de que ele vai usar tudo que encontrar para se apoiar.
- Tente reduzir o número de enfeites quebráveis, como porcelana e cristal, em móveis baixos de fácil acesso para o bebê. Ele pode se machucar, e muito.
- Fique atenta às cadeiras que tenham almofadas soltas sobre o assento. Ele se agarrará nelas para se levantar e se apoiar. Não é seguro.
- Cuidados especiais com as portas. Eles vão se segurar nelas também e podem fechar seus próprios dedos. Se puder colocar presilhas no piso, melhor. Caso contrário, fique atenta aos movimentos do bebê.
9 meses – Curtindo praia e piscina
Coloque sempre um protetor no chão, mesmo que o bebê esteja de calçãozinho ou fraldas. Areia direto na pele do bumbum não convém e à beira da piscina pode ter formigas. Espalhe os brinquedinhos a sua volta. Encha um balde, daqueles mais rasos de água e acompanhe relaxada. Ele vai se molhar, sim. Mas vai se divertir. E se o tempo estiver apropriado, não há mal algum. Com sol forte demais, só embaixo de uma barraca, com chapeuzinho e protetor solar, fator de proteção solar 30. Depois:
- Dê-lhe um bom banho morno e hidrate-o bem.
- Passe pomada contra assadura, pois o calor pode desencadeá-la com mais facilidade.
-Coloque uma roupa fresca em seu bebê. Depois, se for o caso, agasalhe-o mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário