Essa é a história do meu milagre chamado RAFAEL.

Uma gravidez desejada, cheia de riscos, mais cheia de amor.

Tenho Incompetência Istmo Cervical com histórico de duas perdas: Carlos Daniel, 18 semanas, 2007 e Marcos Vinicius, 20 semanas, 2009.

Após 225 dias de repouso, descolamentos de placenta, duas cerclagens e diversas infecções, venci a IIC e recebi meu milagre na noite de Natal.

Hoje sou mãe!!!




E-familynet.com Ticker


sábado, 24 de dezembro de 2011

Meu Milagre chegou!!!!

No dia 24 de dezembro acordei como num dia qualquer, nem imaginava o que me esperava...

Fiquei com pena de meu marido, coitado iriamos ficar sem ceia de Natal, ele por conta propria fez as rabanadas que tanto gosta no dia anterior, para garantir ao menos isso.

Então combinei tudo com minha mãe, separamos os afazeres. Fiquei responsável por conta e risco ao colocar o pernil e o peru em meu forno, já temperados, meu sobrinho me ajudou a preparar um escondidinho e o salpicão já estava com tudo preparado para misturar.

Então deitei no sofá para rezar o terço, como faço todos os dias.
Apesar do cansaço e do peso da barriga eu estava me sentindo bem. Um pouco de dor nas costas, os pés muitoooo inchados, porém feliz e contente.

Já se passava das 19 h, a hora que meu marido sai do trabalho e permaneci ali aguardando a chegada dele.
Senti uma contração bem dolorida, juntamente com a contração uma pressão na vagina e por ultimo a sensação de alguma coisa lá dentro, estourando ou forçando, não sei explicar. Só sei dizer que na hora eu tomei um baita susto, como um choque, talvez seja essa a melhor palavra. A contração parou na hora. Resolvi olhar a hora no celular, como já é de costume quando sinto uma contração.
Permaneci ali, rezando, achando que mais uma vez eu havia sentido uma coisa estranha nessa gravidez, mais no fundo eu me perguntava, sendo neura ou não: SERÁ QUE FOI MEU ULTIMO PONTO DA CERCLAGEM ARREBENTANDO????

Passaram-se 5 minutos e lá se vem outra contração, ainda pior que a anterior.

Ouvi meu marido chegando de carro enquanto sentia uma terceira contração com o intervalo de 5 minutos.

Ele entrou, me viu deitada no sofá logo perguntou o que eu tinha. Resolveu me levar ao hospital, e eu continuei achando que era alarme falso... Me convenceu mais insisti em tomar um banho, já que não havia tomado ainda. Quis aproveitar os 5 minutos de intervalo. Entrei no chuveiro, só deu tempo de ensaboar a barriga e veio mais uma danadinha, só que agora senti sair água. A bolsa furou.

Já era. Meus Pais gritando de um lado, meu marido do outro, ninguém sabia o que pegar, onde estava, o que faltava, fui a unica que permaneci calma.

Meu irmão foi comigo e meu marido para o hospital.

A Dr Carla me examinou e disse que já estava entre 4 a 5 cm de dilatação e que não demoraria muito para Rafael nascer. Ela ligou para meu médico, arrumou equipe rapidamente e me disse que dentre alguns minutos fariamos uma cesariana, pq além da PRESSÃO ALTA que desenvolvi no fim da gravidez, O CORDÃO ENROLADO, eu não tinha PASSAGEM para o parto. Não vou negar, me senti aliviada quando soube que seria cesariana.

As contrações foram piorando, eu gritava de dor, arranhei o enfermeiro, apertei o braço da médica, xinguei meu marido que ria (Acredita que ele estava rindo??). Meu marido estava feliz, ligando para todo mundo dizendo que minha dor era de felicidade pq dessa vez levariamos nosso filho para casa, não seria como das outras vezes.

Me levaram para a sala de parto, eu ACHO  que minhas contrações estavam mais ou menos com o intervalo de 1 minuto, pq quando parei de contar já estava com 2 minutos. Nessa altura eu só pedia o anestesista rs Só lembrava dele.

Ainda demorou alguns minutos, só sei que fui levada para lá as 21:25, Rafael nasceu as 21:50, então nem demorou tanto. Eu não senti a anestesia, me cortando, nadinha...

Meu marido chegou e começaram a cesariana. Tudo tão calmo, eu não parava de tremer por conta dos anestésicos, mais estava alerta, via tudo o que acontecia em minha volta.

Senti mexerem dentro de mim, disseram que ele estava agarrado, muito baixo.e Logo depois abaixaram a cortina e vi cortarem o cordão umbilical de Rafael.

http://www.youtube.com/watch?v=4_kdCNRKgW4&feature=youtu.be

Só que ele não chorou, levaram ele para outra sala e me desesperei, comecei a chorar e a perguntar pq meu filho não havia chorado. Ainda se passaram uns minutos quando de repente ouvimos o som mais lindo de nossas vidas... MEU BEBÊ ESTAVA BEM.

Meu marido quase desmaiou, começamos a chorar, as médicas disseram para ele se sentar, mais ele foi até a outra sala conhecer nosso filho.

http://www.youtube.com/watch?v=1RJO12WqEdM&feature=related

Trouxeram meu filho, e finalmente pude conhece-lo. Não tem nem como explicar qual a sensação, o tamanho da emoção.








É o momento mais lindo que alguem pode viver...

Um comentário:

  1. Que lindoooooooooo! parabens pelo Rafa!
    Que Deus abençoe muito vocês! =)

    Beijokas

    ResponderExcluir